Fiquei sem emprego!! Posso me tornar um Consultor?


 

Fiquei sem emprego!! Posso me tornar um Consultor?

Por Cristián Welsh Miguens, Vice-presidente do IBCO, Consultor Profissional de Organização e Gestão. 

A economia Brasileira finalmente entrou em recessão. O setor industrial foi o primeiro a sentir a crise, já há mais de dois anos, e agora todos os setores, comércio, serviços, etc. se somam àqueles que começam a adequar a sua força de trabalho à nova realidade.

Queda no consumo, aumento da inflação, queda do PIB, aumento do desemprego, déficit na balança comercial e nas transações correntes são indicadores macroeconômicos que espelham o tamanho da crise.

Se você está procurando alternativas para o seu futuro e tem experiência de técnica e de gestão certamente está pensando ou está ouvindo sugestões para iniciar atividades como consultor. E ai você pensa – “por que não? O que será que preciso para me tornar um consultor?” -  Se você for de fato um gestor experiente, também sabe que consultores não gozam de muito boa fama e então fica em dúvida: o que é que eu preciso para me tornar um bom consultor.

O erro mais comum é o de imaginar que tendo competência técnica será capaz de auxiliar a resolver problemas de outras empresas. Mas, pense o seguinte: quando você era executivo, você tinha poder, você decidia. Como consultor, quem é que tem autoridade para implantar as soluções que você sugere?

Se a resposta for “Não serei eu”, então a próxima pergunta será: “que competências eu preciso desenvolver para poder exercer corretamente essa nova função?”

Há ainda mais uma pergunta a responder: você quer ser consultor apenas enquanto procura por um novo emprego ou pretende exercer a profissão permanentemente? Nesse caso, o que preciso fazer para me tornar um consultor profissional?

Estas e outras perguntas que podem lhe ajudar a tomar a melhor decisão para a sua vida futura podem ter resposta no Curso de Desenvolvimento de Competências do Consultor de Organização. A postura do Consultor com “C” maiúscula, profissional, o seu poder de influência, como vender, como definir preço, quais os limites de atuação, a postura ética, em que mercado está entrando, qual o seu tamanho, como é a concorrência, qual a relevância na economia Brasileira, como divulgar, como é no resto do mundo, etc. Estas e muitas outras questões são discutidas em um ambiente de alto profissionalismo, sério e com base em casos reais, contando com uma base teórica e um “frame” de profissionalismo fornecido pela única entidade que se propôs a desenvolver padrões internacionais de consultoria, o ICMCI – The International Council of Management Consulting Institutes, reconhecido pela ONU, representado no Brasil pelo IBCO, que administra em seu nome a única Certificação em Consultoria de Organização reconhecida internacionalmente em mais de 50 países.

Informações cursos@ibco.org.br  

Por Cristián Welsh Miguens, CMC
Consultor Profissional de Organização e Gestão há 20 anos pela Iron Consultoria. Vice-presidente do IBCO. Professor Estratégia Empresarial, Desenvolvimento de Novos Negócios, Diagnóstico e Consultoria Empresarial, Simulação Empresarial e Sistemas de Informação Gerencial do Curso de Graduação na Escola de Negócios e Direito da Universidade Anhembi Morumbi. Formação: Engenheiro Industrial – Universidade de Buenos Aires.

 

99% of Networking Is a Waste of Time

99% of Networking Is a Waste of Time - HBR



Jan15_21_piechart

Four Reasons Why Your Parents Could Be Your Biggest Retirement Risk

Four Reasons Why Your Parents Could Be Your Biggest Retirement Risk - Forbes